by SOFIA NETO
BASQUEIRAL EM BD

E porque não conciliar uma área artística como a BD num Festival de Música Urbana? E porque não ir mais além do que uma simples exposição de livros?

As perguntas foram colocadas e a resposta encontrada pelo Basqueirart foi apenas uma, desafiar um artista nacional a criar uma narrativa de imagens quadradas em torno da edição do BASQUEIRAL 2019.
Ao que parece, tal façanha já foi levada a cabo em alguns Festivais de Música. Seguramente que anteciparam a nossa brilhante ideia, adivinhando que a teríamos em mente no futuro. Invejosos…
Então e se essas vinhetas em BD fossem produzidas e partilhadas com o público quase em simultâneo com o desenrolar dos acontecimentos por elas narrados?
Também é possível que alguém já tenha antecipado esta ideia. A inveja não tem limites…
Decidimos não confirmar essa possibilidade e ficarmo-nos por aqui, até porque o passo seguinte consistiria em fazer com que as narrativas fossem criadas mesmo antes dos acontecimentos. É muito provável de que os músicos não ficassem agradados de perder o poder do efeito surpresa sobre o público.
O Basqueiral em BD será portanto uma narrativa aos quadrados, criada e partilhada nas redes sociais do Festival, quase em simultâneo com os concertos e demais peripécias. Pretende homenagear uma arte que tem muito para oferecer e que em Portugal continua a ser pouco valorizada.
A artista a quem cabe levar avante este desafio é a talentosa Sofia Neto, uma jovem autora com provas dadas e que muito honra o Basqueiral entregar-se aos seus lápis e imaginação.